obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 28/05 |
NOTÍCIAS
 
Dia da Árvore: CPFL alerta sobre arborização segura
Cidade - 21/09/2016

Comemorado nesta terça-feira, 21, o Dia da Árvore tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação deste importante recurso natural.

A CPFL Energia está informando ao mococa24horas.com.br que, pensando no valor que as árvores possuem para a qualidade de vida das pessoas, desenvolveu o projeto “Arborização mais Segura”, voltado ao plantio de espécies próprias para áreas urbanas oferecendo proteção e sombreamento aos cidadãos, sendo que as prefeituras de Itatiba, Amparo e Ourinhos já participam da iniciativa.

Para a CPFL Mococa, distribuidora do Grupo CPFL que fornece energia para 44  mil consumidores, nos municípios de Mococa; Itamogi, Arceburgo e Monte Santo de Minas/MG, o tema do convívio harmonioso entre redes elétricas e arborização é de suma importância, tendo em vista que a interferência de galhos e de árvores representa 2/3 do tempo em que o cliente fica sem energia. Até agosto deste ano, a CPFL Mococa registrou 241 casos de interrupção de energia em razão da interferência da vegetação. Em 2015, foram contabilizadas 403 interrupções pelo mesmo motivo. Cerca de 60% das ocorrências ocorreram no período chuvoso, época em que o vento forte colabora para o aumento deste tipo de problema.

Planejamento e replantio - “O projeto ‘Arborização mais Segura’ surgiu a partir da necessidade de se planejar o plantio de árvores nas cidades e adequar às espécies já existentes à infraestrutura urbana, evitando interferências nas redes elétrica, de água e esgoto e, ainda, na acessibilidade das pessoas. No primeiro momento, às árvores inadequadas ao convívio harmonioso com a rede de energia elétrica são levantadas e suprimidas, seguindo o resultado do inventário realizado pela secretaria de Meio Ambiente da prefeitura. Espécimes com problemas de saúde são detectadas pelo levantamento.

Após a supressão, a CPFL inicia a entrega de mudas que serão plantadas. Além dos locais das árvores retiradas, diversos outros pontos das cidades também recebem o plantio. As espécies possuem porte médio, o que torna mais fácil os cuidados e o seu desenvolvimento”, informa em nota a empresa ao mococa24horas.com.br.

“As podas das árvores existentes nas cidades também causam preocupação. Embora as distribuidoras do Grupo realizem somente o serviço emergencial, para evitar danos à rede elétrica ou que comprometa a segurança das pessoas, é muito grande a quantidade de intervenções realizadas anualmente. Com objetivo de tornar o manejo da arborização urbana mais acessível, o Grupo disponibiliza aos municípios o guia ‘Arborização Urbana Viária: Aspectos de seu planejamento, implantação e manejo’.

 ‘Com esse guia, a CPFL Energia pretende contribuir com as prefeituras municipais, condomínios, escolas, empresas prestadoras de serviços públicos e paisagistas, disseminando a cultura do planejamento e conhecimentos técnicos sobre arborização urbana’, afirma o diretor de Sustentabilidade da CPFL Energia, Rodolfo Nardez Sirol.

O guia é disponibilizado pelas distribuidoras do Grupo às prefeituras de sua área de concessão desde 2005, contribuindo, desta forma, para que os cuidados com a arborização viária ganhem importância, possibilitando um convívio harmonioso com os equipamentos existentes nos logradouros públicos. Fomentar projetos de arborização urbana, desenvolvidos em parcerias com prefeituras, organizações não-governamentais, associações de moradores e empresários, é outra maneira da CPFL Energia de mostrar sua preocupação com o meio ambiente das suas comunidades”, completa.

Benefícios e alertas - Ao adotar espécies de árvores adequadas ao convívio harmônico com as infraestruturas da área urbana é possível evitar: “danos nas redes de energia, de água subterrânea, de esgoto, de telefonia, de gás e galerias de águas pluviais; entupimentos de calhas e canalizações; danos às coberturas; e comprometimento da iluminação pública e da acessibilidade às calçadas” 

O contato das árvores com a rede elétrica pode trazer consequências sérias como: “vazamentos de corrente elétrica da rede para o solo (por meio das árvores), podendo inclusive atingir pedestres, principalmente em caso de chuvas; rompimento de condutores, com risco de acidentes com pessoas; risco de curto-circuito, com interrupção do fornecimento de energia, danos em aparelhos elétricos das residências, interferência com o sistema de sinalização, desligamento da iluminação pública e comprometimento dos sistemas de segurança e danos aos equipamentos do sistema elétrico etc.”.

Serviço – Solicitações de podas de árvores cujos galhos oferecem risco de interferência na rede elétrica ou à população, podem ser feitas por meio do site: www.cpfl.com.br, pelo e-mail: atendimento@cpfljaguariuna.com.br e pelo telefone 0800-7744430.

 

 

 

(Foto ilustrativa: reprodução c/ montagem mococa24horas)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
classificados2 maio2 institucional
CLASSIFICADOS
DINHEIRO
HUMOR
BLOG