obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 28/05 |
NOTÍCIAS
 
Mococa registra 261 casos de dengue
Cidade - 08/11/2016

Mococa já contabiliza 261 casos confirmados de dengue entre janeiro e setembro deste ano. De acordo com dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (SINANNET/Divisão de Zoonoses), ligado à Secretaria de Estado da Saúde (atualizados até 10 de outubro), deste total, 260 casos foram contraídos no próprio município, o que revela que a população mocoquense não pode relaxar e deve evitar o acúmulo de água em suas residências, e 1 caso foi importado de outro município. No período, Mococa teve 336 casos de dengue notificados.

Ainda conforme os dados oficiais do Centro de Vigilância Epidemiológica, no período (janeiro a setembro) Mococa teve 11 casos de Zika notificados, porém sem confirmação, sendo 2 casos notificados em janeiro, 2 em fevereiro e 7 em abril. Já sobre casos de Chikungunya em Mococa não há registros nos indicadores do CVE.

Mococa lidera casos de dengue na região - Pelos indicadores do Centro de Vigilância Epidemiológica (SINANNET/ Divisão de Zoonoses), ligado à Secretaria de Estado da Saúde (dados atualizados até 10/10/2016), Mococa ocupa a liderança em casos de dengue na microrregião (Mococa, São José do Rio Pardo, São João da Boa Vista e Casa Branca), com 261 casos; seguida de Casa Branca, com 67 casos (66 casos contraídos dentro do município; 1 caso importado); São João da Boa Vista, com 64 casos (61 casos contraídos dentro do município; 3 casos importados); e de São José do Rio Pardo, com 49 casos (43 casos contraídos dentro do município; 6 casos importados).

De acordo com os dados do CVE, no período (janeiro a setembro), São José do Rio Pardo também teve 7 casos de Zika notificados, porém sem confirmação; e nenhum caso de Chikungunya; São João da Boa Vista teve 3 casos de Zika notificados, porém sem confirmação, e 7 casos de Chikungunya notificados, também sem confirmação; e Casa Branca teve 1 caso de Zika contraído dentro do município (mês de maio) e 2 casos de Chikungunya notificados, porém sem confirmação.

Sempre alerta e prevenção - Aos primeiros sintomas da dengue (febre, dor de cabeça, dores nas articulações e no fundo dos olhos), a recomendação é procurar o serviço de saúde mais próximo e não se automedicar. Quem usa remédio por conta própria pode mascarar sintomas e, com isso, dificultar o diagnóstico.

Para diminuir a proliferação do mosquito, é importante verificar o adequado armazenamento de água, o acondicionamento do lixo e a eliminação de todos os recipientes sem uso que possam acumular água e virar criadouros do mosquito. Além disso, é essencial cobrar o mesmo cuidado da Prefeitura local com os ambientes públicos, como o recolhimento regular de lixo nas vias, a limpeza de terrenos baldios, praças, cemitérios e borracharias.

 

 

(Foto: divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
classificados2 maio2 institucional
CLASSIFICADOS
DINHEIRO
HUMOR
BLOG