obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 19/11 |
NOTÍCIAS
 
5 dicas para conservar melhor os alimentos
Geral - 03/03/2017

O Brasil desperdiça 41 mil toneladas de alimentos por ano, segundo estudo realizado pela comitê de Mudanças Climáticas do World Resources Institute. Mas com hábitos simples e uma dose de cautela, é possível conservar os produtos da despensa e geladeira por mais tempo. Assim, além de oferecer refeições saudáveis à família, evita-se o desperdício.

Dicas de conservação – Confira 5 dicas práticas:

Higienização: o ideal é limpar os alimentos assim que voltar do mercado ou hortifrutti. Verduras, legumes e folhas devem ser bem lavadas. Passe os dedos por todas as partes para não deixar nenhum resíduo de terra ou mesmo alguma larva escondida. Depois, deixe de molho durante 30 minutos em uma solução desinfetante. A proporção ideal é uma colher de sopa de água sanitária diluída em um litro de água potável. Em seguida, lave tudo em água corrente.

Congelamento: Uma boa alternativa para quem deseja manter as compras por mais tempo é congelar, desde que realizado da maneira correta. Após a limpeza, seque bem os produtos e coloque em potes seco e bem fechados. O saquinho descartável também é uma boa opção, mas é necessário ter o cuidado de tirar todo o ar. Use etiquetas com data de congelamento, validade e especificação do que contém em cada recipiente.

Separar crus e cozidos: prefira congelar apenas comidas que ainda não passaram pelo forno e fogão. O que for congelar depois de cozinhar, tente temperar o mínimo possível, pois levar ao congelador acentua as especiarias e deixa tudo mais macio.

Descongelamento: Também é preciso ter certos cuidados no momento de retirar o gelo. Apenas os itens que já foram pré-preparados podem ser aquecidos instantaneamente. Carnes e queijos devem ser mantidos em refrigerador até estarem pronto para consumo, caso contrário, podem estragar. Já os ingredientes das saladas podem ser cozidos por dois minutinhos antes do uso.

Evite a contaminação: Não utilize a mesma tábua, utensílio ou balcão para manipular diferentes itens, separe uma para cada tipo de alimento. Outra medida a ser tomada é excluir de vez o lixinho de pia, pois os restos de comida que ficam no cesto podem propiciar a proliferação de bactérias. Atos de desatenção como estes podem fazer com que os comestíveis fiquem impuros, o que os especialistas chamam de contaminação cruzada e rendem doenças aos consumidores.

 

 

(Foto: reprodução)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte: www.mococa24horas.com.br e autoria: NB Press Comunicação

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
institucional dengue1 classificados2 caminhada da vida
CLASSIFICADOS
DINHEIRO
HUMOR
BLOG