obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 13/08 |
COLUNISTAS
O que é: Economia solidária, novas regras - Parte 1

Por Rosalvi Monteagudo

A economia solidária é uma forma de produzir e reorganizar o lucro em beneficio de todos os envolvidos; é também uma maneira de reduzir a desigualdade social a médio e longo prazo, e, compartilhar o lucro e/ou sobra de acordo com o valor obtido da produção. Há uma igualdade entre todos os participantes em solidariedade ao invés de competitividade, ou seja, os participantes deveriam cooperar entre si e não competir. É uma associação de pessoas que se reúnem para produzir, comerciar, educar, consumir ou poupar.

A economia solidária envolve todos os movimentos e iniciativas solidárias em que a união abrange produção, consumo, distribuição e em geral organizadas em autogestão. É um meio de produção solidária em cooperação econômica. Esta gera os recursos humanos capazes pela aplicação do quinto princípio cooperativista, treinamento, educação e informação, através do desenvolvimento do know-how de sua empresa virtual.

A forma de gerir a empresa solidária é através da autogestão e repensa o lucro para a autonomia financeira que se organiza igualitariamente e se associam para produzir, distribuir renda educar e consumir. Os cooperadores/donos em sua empresa têm o mesmo direito pelo voto em todas as ações. Não há competição entre os cooperadores e quando há acumulo de capital, é compartilhado entre si em igualdade. Organiza um consumo solidário ao atender as necessidades da base, com os seguintes objetivos:-

- Amenizar a desigualdade;

- Gerar trabalhos;

- Compartilhar os recursos humanos, materiais e econômico financeiro;

- Distribuir renda;

- Organizar o consumo;

- Educar para formar seus recursos humanos;

- Estabelecer as bases da autonomia financeira;

- Organizar-se em autogestão.

Na  economia solidária as novas regras autogestão e a autonomia financeira indicam que são via aplicação da regra de ouro do cooperativismo (aplicação de levantamento das necessidades, interesses e reivindicações), através de um software que desenvolve a empresa, ou melhor, a iempresa. A autogestão administra seu próprio negócio, sem patrão e é um meio de consciência para o desenvolvimento coletivo.

O saber provindo da experiência em relação à economia e ao social organizam-se sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, etc.

Portanto, economia solidária é um meio humano de produzir, consumir e comprar o essencial para a vida. Estabelece sem explorar, respeitando o meio ambiente, fortalecendo entre si numa união de forças, etc. Tem como função a geração de trabalho, renda, inclusão social e realizam atividades de consumo, produção, serviços, finanças solidárias, comércio justo, etc.

No neocooperativismo a economia solidária, novas regras educa os recursos humanos, respeita o meio ambiente de maneira que a desigualdade social seja reduzida, além de dar as disposições necessárias para organizar o lucro e/ou sobra, através do trabalho em benéfico de todos e não de uma minoria.  Entretanto, a igualdade é a associação de pessoas que se reúnem para produzir, comerciar e consumir etc. e tem direito a voto em todas as decisões numa autogestão democrática.

 

 

(Foto: reprodução)

 
Rosalvi Monteagudo

É escritora, formada pela USP e pós-graduada em informática e cooperativismo.

   
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG