obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 14/12 |
NOTÍCIAS
 
Mococa se destaca no Festival de Dança de Joinville
Cultura - 06/08/2015

No sábado, 1, a Noite dos Campeões encerrou o 33º Festival de Dança de Joinville, reunindo 25 coreografias de 20 grupos e escolas vencedores de seis estados brasileiros (Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, São Paulo) e do Paraguai.

Os premiados do Festival foram:

- Coreógrafo Revelação: Renata Pacheco, do Balé da Cidade de Santos, de São Paulo.

- Melhor Bailarino: Ricardo Pereira, do Espaço Artístico Nicole Vanoni, do Paraná.

- Melhor Bailarina: Isabella Rodrigues, do Raça Centro de Artes, de São Paulo.

- Prêmio Revelação: Breno Lucena, do Grupo Especial da Escola Municipal de Bailado de Ourinhos, de São Paulo.

- Melhor Grupo: Academia Elizabeth Vinader, do Paraguai.

Em 11 dias, o Festival apresentou 196 coreografias na Mostra Competitiva e 38 na mostra infantil e mais de 6 mil bailarinos de todo o País e do exterior participaram do evento, considerado o maior festival de dança do mundo, segundo o Guinness Book. O evento foi aberto pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, que apresentou o espetáculo “Quebra Nozes”.

Grupo de Dança do Teatro fica em 3º lugar no Solo Feminino – O Grupo de Dança do Teatro Municipal “Pedro Ângelo Camin”, de Mococa, que é dirigido pela professora e coreógrafa Vera Lúcia Pereira dos Santos, competiu na Mostra Competitiva do 33º Festival de Dança de Joinville no gênero Dança Contemporânea, nas categorias Solo Feminino – Sênior e Conjunto – Júnior.

Com a coreografia “Idiossincrasia”, a bailarina Laura Gameiro (foto) do Grupo de Dança do Teatro conquistou o 3º lugar na categoria Solo Feminino – Sênior (Dança Contemporânea) da Mostra Competitiva, a mais importante e disputada da programação do Festival.

Sobre o 33º Festival de Dança de Joinville – “O Festival de Dança de Joinville é um evento consolidado pela tradição, pelo profissionalismo e pela pluralidade dos participantes. Concorrer na Mostra Competitiva, apresentar-se na Meia Ponta ou Palcos Abertos nas praças, bairros, shoppings e fábricas ou com um foco voltado a atividade didática. O Festival engloba a realização de cursos e oficinas com fins de aperfeiçoamento profissional, workshops gratuitos para os coreógrafos inscritos no evento, seminários de dança, projetos comunitários, palestras, debates, entre outras ações. Trazer para as noites especiais – Abertura e Gala – espetáculos que sejam  montagens completas de balés consagrados ou peças de destaque de outros gêneros de dança e trabalhos de companhias de renome é também uma preocupação da Curadoria Artística e da organização do evento”.

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
institucional classificados2 dengue1
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG