obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 24/11 |
NOTÍCIAS
 
Luz mais cara em Mococa, S.José e região
Região - 08/04/2014

A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, está anunciando que autorizou nesta terça-feira, 7, aumento de 16,46% nas tarifas de energia elétrica dos consumidores residenciais atendidos pela CPFL Paulista, que controla a CPFL Mococa e CPFL Leste Paulista, atingindo consumidores de Mococa e de 10 cidades da região, totalizando 95 mil unidades consumidoras. Para os consumidores industriais o aumento será de 16,10%.

O novo valor será aplicado sobre o consumo de energia a partir de hoje, 8, e vai fazer com que o consumidor mocoquense e da região esqueça rapidamente que, em janeiro, a sua conta de luz abaixou.

Ajuda governamental evita aumento maior – “Inicialmente, as tarifas das distribuidoras iriam subir em média 19,62% neste ano, mesmo com todos os esforços do governo para postergar ao máximo os reajustes, adiando os repasses para 2015”, disse Paulo Steele, consultor da TR Soluções, especialista em calcular os custos de energia elétrica, ao jornal Valor Econômico desta terça-feira, 8. “Com os novos subsídios, o reajuste médio na conta de luz dos brasileiros deve ficar em torno de 14,45% em 2014”, completou Steele. Em 2015, a empresa de consultoria estima que o reajuste na tarifa da CPFL Paulista fique em 9,34%.

Explicação do aumento – Em nota, a Aneel explicou o motivo do aumento: “Para o reajuste da tarifa são considerados os custos relacionados à compra de energia elétrica para atendimento do mercado da distribuidora, ao valor da transmissão dessa energia e aos encargos setoriais. O cálculo se dá de acordo com fórmula prevista no contrato de concessão. No caso da CPFL Paulista, os principais fatores que influenciaram a revisão foram a maior participação da “energia nova” e a “energia velha” (gerada por usinas mais antigas, com parte de seus ativos já amortizados) mais cara do que previsto. Outro fator de impacto no resultado do reajuste da CPFL foi a maior participação das térmicas com o Custo Variável Unitário (CVU) mais alto (aquelas que utilizam combustíveis mais caros)”.

Raio de atuação - A CPFL Mococa, além de Mococa, atende consumidores de Arceburgo, Monte Santo de Minas e Itamogi/MG. São 42 mil unidades consumidoras. 

Já a CPFL Leste Paulista, além de São José do Rio Pardo, atende Casa Branca, São Sebastião da Grama, Divinolândia, Itobi, Tapiratiba e Caconde. São 53 mil unidades consumidoras.

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG