obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 19/01 |
NOTÍCIAS
 
Em Mococa, vacinação contra gripe começa dia 30
Cidade - 19/04/2016

A Secretaria de Estado da Saúde antecipou a campanha de vacinação contra a gripe em algumas regiões em virtude de surtos da doença, que já matou 70 pessoas no Estado. Segundo o portal de notícias da Globo, g1.globo.com, São Carlos e Araraquara, dois casos de morte na região (Casa Branca e São João da Boa Vista) estão sendo investigados, suspeitos de estar relacionados com a gripe H1N1.

Em Mococa, vacinação na rede pública começa dia 30 - Em Mococa, como na maioria dos municípios paulistas, a vacinação gratuita contra a gripe começa dia 30, seguindo o calendário do Ministério da Saúde, e atingirá crianças maiores de 6 meses e menores de 5 anos; gestantes e puérperas; idosos; doentes crônicos; profissionais de saúde; funcionários do sistema prisional e população carcerária. 

No dia, 30, acontecerá o “Dia D” da campanha, quando todas as unidades de saúde estarão abertas, das 8h00 às 17h00, no município e distritos de Igaraí e São Benedito das Areias, para atender a população-alvo da campanha nacional.

As doses da vacina irão proteger contra os seguintes tipos de gripe: A/Califórnia (H1N1), A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane, informa a Secretaria de Estado da Saúde em nota.

A campanha nacional em Mococa deverá atingir mais de 12 mil pessoas pertencentes aos grupos de risco, segundo estimativas extraoficiais.

Vacina na rede particular de saúde – As pessoas que não fazem parte dos grupos de risco – que têm direito à vacina gratuita da campanha nacional que começará dia 30 na rede pública de saúde do município e distritos de Igaraí e São Benedito das Areias – poderão procurar a rede particular de saúde para ser imunizadas contra a gripe. Em Mococa, a reportagem do mococa24horas.com.br apurou que a vacina contra a gripe pode ser encontrada no consultório do pediatra Eduardo José Prado; e a Unimed Mococa em breve também estará disponibilizando-a.

Como distinguir resfriado da gripe - Diferenciar gripe de resfriado é imprescindível para a nossa saúde, garante o infectologista Ralcyon Teixeira, supervisor do pronto-socorro do Instituto Emílio Ribas, que é referência no tratamento de doenças infectocontagiosas. "É muito importante que o paciente tenha uma noção das diferenças e, caso desconfie de que esteja gripado, procure um médico e jamais ignore a doença. A gripe é uma doença tão séria que possui um tratamento e uma vacina específicos, enquanto o resfriado, não", afirma.

De acordo com nota da Secretaria de Estão da Saúde, “A gripe, por exemplo, pode gerar pneumonia e até levar ao óbito, não podendo dispensar uma consulta médica. Um pré-diagnóstico do próprio paciente pode ser determinante para que ele tome a decisão de procurar atendimento e seja medicado de forma adequada ainda nas primeiras 72 horas do início dos sintomas”.

“Cinco perguntas básicas para identificar se você tem gripe ou resfriado:


1) Tenho febre: qual a temperatura?

Pode estar relacionada tanto à gripe quanto ao resfriado, mas a diferença fica por conta da intensidade. Resfriados causam febres de no máximo 38 graus, enquanto temperaturas que vão além disso podem ser entendidas como um sintoma claro de gripe;


2) Como começou?

O resfriado se instala de forma lenta e gradativa, enquanto a gripe sempre acontece de forma repentina e rápida, "derrubando" o paciente "de uma hora para outra".

 

3) Estou tossindo: como é a tosse?

É um sintoma marcante da gripe, especialmente a tosse seca. Se for este o caso, fique em alerta! Resfriados não causam tosse ou apresentam o sintoma apenas na reta final da doença;

 

4) Estou espirrando?

O espirro, a coriza e o nariz vermelho, ao contrário do que se imagina, são características bem peculiares do resfriado e não da gripe. Quadros de gripe quase não apresentam irritação relacionada às narinas (vias respiratórias altas);

 

5) Há quanto tempo estou assim?

Resfriados duram em média de três a quatro dias. Gripes duram em média sete dias” (Fonte: Secretaria de Estado da Saúde).

Como se prevenir – Confira algumas medidas preventivas para evitar o contágio da gripe:

"- fazer frequente higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel a 71%, retirando-se os acessórios (anéis, pulseiras, relógio), uma vez que estes objetos acumulam microrganismos não removidos com a lavagem das mãos;

- abra a torneira e molhe as mãos, evitando encostar-se na pia; enxágue as mãos, retirando os resíduos de sabonete; evite contato direto das mãos ensaboadas com a torneira; seque mãos e punhos com papel-toalha descartável; no caso de torneiras com contato manual para fechamento, sempre utilize papel-toalha para fechá-la; use lenço descartável para higiene nasal;

- cubra nariz e boca ao espirrar ou tossir; evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

- higienize (lavar) as mãos após tossir ou espirrar;

- evite aglomerações; não divida objetos de uso pessoal, como toalhas de banho, talheres e copos;

- evite tocar superfícies do tipo maçanetas, interruptores de luz, chave, caneta, torneira, entre outros; descarte luvas ou outros equipamentos de proteção individual contaminados ou tocados por mãos contaminadas;

- não circule dentro de hospital usando os equipamentos de proteção individual, que devem ser imediatamente removidos e descartados após a saída do quarto, enfermaria ou área de isolamento”.

Serviço – Se perceber algum sintoma relacionado à gripe, procure atendimento médico o mais rápido possível.

 

 

(Foto ilustrativa: reprodução/divulgação)

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
institucional classificados2 dengue1
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG