obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 25/08 |
NOTÍCIAS
 
Sabrina de Paiva, de Caconde, vence Miss São Paulo
Região - 04/06/2016

Aconteceu neste sábado, 28, no Citibank Hall, em São Paulo, com transmissão ao vivo pela TV Bandeirantes, a final do concurso de beleza Miss São Paulo, que este ano teve duas candidatas da região entre as concorrentes, a Miss Caconde, Sabrina de Paiva, e a Miss Divinolândia, Marcela Ribeiro Neto, além de representantes de Americana, Araras, Artur Nogueira, Campinas, Diadema, Ferraz de Vasconcelos, Franca, Guarulhos, Indaiatuba, Itirapina, Jaboticabal, Jaú, Jundiaí, Limeira, Marília, Piracicaba, Poá, Porto Feliz, Presidente Prudente, Promissão, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Sandro André, São Carlos, São Paulo, Sumaré, Suzano e Vinhedo.

Depois de superar todas as fases do concorrido concurso, encantar jurados e ser aplaudida pelo público presente, foi eleita Miss São Paulo, a estudante e comerciária, Sabrina de Paiva (foto), Miss Caconde. Em 2º lugar, ficou a Miss Ribeirão Preto, Marina Andrade Lemos, e em 3º, a Miss Americana, Tayná Correia Pereira.

Agora, Sabrina representará o Estado de São Paulo no concurso Miss Brasil, que acontecerá em outubro.

Nesta terça-feira, 31, Sabrina de Paiva dará uma pausa em sua agenda de compromissos na capital paulista, para desfilar em carro aberto pelas ruas de Caconde, sua cidade natal, e compartilhar sua alegria com seus conterrâneos.

Sobre a Sabrina de Paiva – A organização do concurso está divulgando o perfil da nova Miss São Paulo (mais fotos; Galeria de Fotos), confira:

“Sabrina tem apenas 20 anos e está no primeiro período da faculdade de publicidade e propaganda. Se divide entre três cidades – mora em Caconde, trabalha em São José do Rio Pardo e estuda em Guaxupé.

Miss Caconde, Sabrina de Paiva, chegou ao Miss São Paulo BE Emotion 2016 com a ajuda da pequena cidade onde vive. Assim que foi aprovada na seletiva do concurso estadual, no início de maio, ela escreveu um “livro de ouro”, contando sobre o concurso e detalhando a necessidade de patrocínio.

“Fui a todas as lojas pedindo ajuda. Em algumas, me senti desvalorizada, mas recebi muito apoio também”, conta a candidata de 20 anos, que está no primeiro período da faculdade de publicidade e propaganda e se divide entre três cidades – mora em Caconde, trabalha em São José do Rio Pardo e estuda em Guaxupé.

A maior quantia doada foi R$ 500, a menor, uma nota de R$ 5. Para conseguir o restante do valor, ela fez um empréstimo com um amigo. 

O segundo capítulo da saga foi montar as malas para o confinamento. Mais uma vez, o comércio local a ajudou. “Saí pedindo pares de sapato ou descontos”, diz. “Um lojista contava para o outro, as pessoas postavam no Facebook. A cidade ficou muito unida”.

No fim, ela conseguiu trazer duas malas com roupas, calçados e acessórios. “A maioria das peças que trouxe não é minha. É tudo emprestado. Meu mesmo só um par de tênis, que consegui com um patrocinador, e maquiagem. E tem também uma legging, que um tio me ajudou a comprar. Essa bolsa aqui [da marca de luxo Louis Vuitton] é de uma amiga”, conta.

Para ela, a experiência do confinamento tem sido incomum. “Nunca tinha ficado em um hotel chique assim [as candidatas estão hospedadas no Hilton São Paulo Morumbi]. Ninguém nunca tirou o prato da mesa para mim ou me serviu suco. Eu levantava e pegava”, afirma. “Tem hora em que não acredito. Falo ‘calma, Sabrina’”.

 

Leia também:

http://mococa24horas.com.br/noticias/det/2280/dia-28-caconde-e-divinolandia-disputam-miss-sao-paulo

 

 

(Fotos: Lucas Ismael/BE Emotion/divulgação)

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
6.jpg
4 (2).jpg
5 (2).jpg
55.jpg
4 (1).jpg
5 (1).jpg
foto2.jpg
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG