obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 22/04 |
NOTÍCIAS
 
Janeiro é mês de conscientização sobre a hanseníase
Geral - 11/01/2018

Janeiro é o mês de conscientização sobre a hanseníase, doença que coloca o Brasil em segundo lugar em número de casos, atrás da Índia. Em 2016, o Ministério da Saúde oficializou o mês de janeiro e consolidou a cor roxa para campanhas educativas.

A Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH), entidade médica que completa 70 anos em 2018, responsável pela certificação dos médicos hansenologistas no país, alerta para o alto número de casos em menores de 15 anos, o que significa que a criança teve contato com o bacilo ainda muito nova, pois a hanseníase leva de 5 a 10 anos para se manifestar. A doença tem cura.

A entidade solicita às empresas, entidades, instituições que promovam ações educativas para seus públicos, adotem o laço roxo e/ou iluminem suas fachadas com a cor oficial do mês.

O mococa24horas.com.br apoia a campanha “Todos Contra a Hanseníase”.

A hanseníase – Doença transmitida por um bacilo. O tratamento é gratuito em todo o Brasil e dura de 6 meses a 1 ano. O doente pode ter manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na pele com perda/diminuição de sensibilidade ou da força para segurar objetos. É a doença infecciosa que mais cega. O tratamento cura, mas o paciente pode ficar com sequelas. Segundo a SBH, o Brasil pode ter de 3 a 5 vezes mais casos de hanseníase além dos dados oficiais, pois a doença é de difícil diagnóstico. Daí a importância de conscientizar toda a população sobre sinais e sintomas da hanseníase.

Campanha permanente – A entidade lançou em 2016 a Campanha Nacional Todos Contra a Hanseníase, que está sendo implantada em vários municípios brasileiros. A campanha tem cartilha educativa, spots de rádio e vídeo de 30 segundos, que já estão sendo utilizados por empresas, CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes das empresas), escolas de ensino fundamental e médio, universidades etc. Em Ribeirão Preto, o comando da Polícia Militar distribuiu a cartilha educativa para todos os policiais da área, assim como outras instituições seguiram o exemplo. A consultoria pedagógica Tantas Palavras, de Ribeirão Preto, parceira da SBH, tem levado a campanha para todos os simpósios, congressos e encontros com educadores – em 2017 foram mais de 2.500 professores sensibilizados com a campanha.

Campanha Janeiro Roxo – A SBH mantém uma página educativa na rede social Facebook intitulada Todos Contra a Hanseníase, com linguagem acessível e orientações à população. Anualmente, são registrados perto de 30 mil casos da doença no Brasil - número semelhante aos casos notificados por ano de HIV/AIDS. A doença já está extinta em muitos países. TodosContraaHanseníase

Na foto, Profi, mascote da campanha “Todos Contra a Hanseníase”.

 

 

(Foto: divulgação)

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

e Texto & Cia. Comunicação

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
dengue1 classificados2 institucional
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG