obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 22/05 |
NOTÍCIAS
 
São José do Rio Pardo é Município de Interesse Turístico
São José do Rio Pardo - 17/04/2018

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou na terça-feira, dia 10, projeto de lei que classifica São José do Rio Pardo (foto) como Município de Interesse Turístico, MIT.

A proposta contempla também os municípios de Apiaí, Barbosa, Bofete, Boituva, Cachoeira Paulista, Cesário Lange, Cubatão, Estiva Gerbi, Fernandópolis, Igaratá, Itapira, Itatiba, Itapura, Itararé, Itaoca, Ituverava, Iporanga, Itápolis, Jacareí, Jacupiranga, Jales, Laranjal Paulista, Mendonça, Miguelópolis, Miracatu, Mineiros de Tietê, Monteiro Lobato, Orlândia, Ouroeste, Panorama, Paraibuna, Pardinho, Patrocínio Paulista, Paulo de Faria, Pedrinhas Paulista, Piracaia, Piratininga, Queluz, Ribeirão Grande, São Miguel Arcanjo, Sete Barras, Sertãozinho, Sud Menucci, Torrinha e Ubarana, é de autoria dos 94 deputados estaduais e agora segue para sanção do governador do Estado, Marcio França/PSB.

Segundo nota da Assembleia Legislativa ao mococa24horas.com.br, os municípios de interesse turístico recebem recursos anuais do governo do Estado da ordem de R$ 600 mil para investimentos na infraestrutura turística e a utilização da verba serve para “fomentar a ampliação e o fortalecimento das atividades econômicas da região.”

A presidente da Associação dos Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo, a Amitesp, Daniela de Cássia Santos Brito, afirma que a medida vai fortalecer as cidades de pequeno porte e com poucos recursos financeiros. "A verba vai fazer com que esses municípios fiquem mais atrativos para receber o turista. E estando mais atrativa, a cidade vai gerar renda, emprego e desenvolvimento", diz.

Além destes 46 municípios classificados na terça-feira, dia 10, como municípios de interesse turístico, no ano passado também foram classificados: Agudos, Altinópolis, Araras, Araraquara, Areias, Barretos, Brodowski, Buritama, Cabreúva, Campina do Monte Alegre, Cardoso, Cruzeiro, Espírito Santo do Pinhal, Guararema, Iacanga, Itapuí, Itupeva, Jaú, Jundiaí, Lençóis Paulista, Limeira, Lins, Martinópolis, Mairiporã, Mira Estrela, Mogi das Cruzes, Monte Alto, Nazaré Paulista, Novo Horizonte, Pedreira, Piedade, Rancharia, Registro, Rifaina, Riolândia, Rosana, Rubineia, Sabino, Sales, Santa Isabel, Santo Antonio da Alegria, Santa Branca, Santa Cruz do Rio Pardo, Santo Expedito, São Simão, Tapiraí, Tatuí, Tabatinga, Tambaú, Uchoa e Votuporanga.

Sobre o Município de Interesse Turístico – Segundo informações da Alesp, “Para que seja considerado de Interesse Turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, de hospedagem, de alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto. A classificação garante a cada cidade o recebimento de cerca de 600 mil reais por ano. A proposta é que além das 70 estâncias já existentes no estado, declare-se outros 140 municípios como de interesse turístico.”

 

(Foto: Ken Chu/Expressão Studio/divulgação)

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
classificados2 institucional dengue1
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG