obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 19/01 |
NOTÍCIAS
 
Mococa, que brilhou no Palmeiras, morre atropelado
Falecimentos - 18/06/2018

O portal de notícias da TV Globo, g1.globo.com, G1 São Carlos e Araraquara, está informando que nesta sexta-feira, dia 8, o volante mocoquense Gilmar Justino Dias, o Mococa – que brilhou no Palmeiras (1977-1980), Santos (1979-1981), Bangu/RJ, Rio Branco, São Bento e Noroeste –, morreu atropelado na SP-340. 

Na foto, Mococa (no destaque) ao lado de Rosemiro, Gilmar, Pollozzi, Edson e Pedrinho; Lucio, Jorginho, César, Wilson e Baroninho.

Além do Palmeiras, que lamentou a perda trágica de seu ex-jogador em rede social e site, a morte de Mococa (foto, Galeria de Fotos; não disponível na versão mobile do site) está sendo noticiada nos sites de Veja, UOL, Terra, Gazeta Esportiva, Terceiro Tempo e Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo.

Neste domingo, dia 10, no Estádio Castelão, em Fortaleza, houve um minuto de silêncio em homenagem à Mococa na partida entre Palmeiras x Ceará pelo Brasileirão 2018.

A triste notícia também foi destaque no Jornal da EPTV, emissora afiliada da TV Globo na região:

O ex-jogador de futebol Gilmar Justino Dias, conhecido como Mococa, de 60 anos, morreu na noite de sexta-feira (8) após ser atropelado na Rodovia José André de Lima (SP-340), em Mococa. Segundo a Polícia Civil, o motorista fugiu sem prestar socorro.

O acidente aconteceu no km 278 e, segundo a polícia, Dias foi atingido quando andava pela rodovia. No local, foram encontradas peças do carro que atropelou o ex-atleta.

O corpo estava no acostamento da pista e foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de São José do Rio Pardo (SP). A Polícia Civil vai investigar o caso.

O enterro está previsto para este sábado (9), às 17h, no Cemitério Municipal de Mococa. O prefeito Mococa, Wanderley Martins, decretou luto oficial de 3 dias em razão da morte do ex-jogador.

Trajetória

Mococa ganhou o apelido por ter nascido na cidade. Ele atuava como volante e jogou no Palmeiras, comandado pelo treinador Telê Santana, entre 1978 a 1980. Ele participou de 76 jogos pela equipe e marcou 11 gols.

O ex-jogador também tem passagens pelo Bangu (SP), Santos e Rio Branco de Americana (SP).

Palmeiras lamenta morte

Em comunicado divulgado no site oficial e no Twitter, o Palmeiras lamentou a morte de Mococa. Veja abaixo a nota na íntegra:

A Sociedade Esportiva Palmeiras e a FamíliaPalmeiras lamentam profundamente a morte repentina de nosso ex-volante Mococa, vítima de um atropelamento em sua cidade natal, e desejam muita força aos amigos e familiares.

O ex-jogador defendeu as cores do time entre 1978 e 1980, participando da campanha do vice-campeonato brasileiro de 1978 e do histórico jogo contra o Flamengo de 1979, quando Verdão – à época comandado por Telê Santana – bateu o Rubro-Negro por 4 a 1 em pleno Maracanã. Ao todo, foram 76 jogos disputados e 11 gols marcados”. (9/6/2018)

Leia também:

https://mococa24horas.com.br/noticias/det/582/um-mococa-no-centenario-do-palmeiras

 

 

(Foto: reprodução, c/ montagem mococa24horas)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
foto33.jpg
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
classificados2 dengue1 institucional
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG