obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 18/01 |
NOTÍCIAS
 
Franja nunca sai de moda
Novidade - 29/10/2018

Eleita para os cortes de cabelo da próxima estação, a franja conquista a cabeça de mulheres de todas as idades. O motivo? Ela é versátil e prática e ainda moderniza e rejuvenesce as mulheres. Mas, a hairstylist Eliane Pavini - profissional com mais de 30 anos com formação nas principais academias do mundo e proprietária do Shampoo Eliane e Rafael Pavini, em Ribeirão Preto - alerta que a franja deve ser feita por um profissional de confiança, pois é ele quem pode avaliar se ela combina ou não com o formato de rosto.

Para este tipo de avaliação, a hairstylist utiliza a técnica fisiognomonia, uma ciência usada na antiguidade por Hipócrates (considerado como a figura mais importante da história da Medicina) e por Pitágoras (filósofo e matemático grego) que empregavam a observação da face e do formato do rosto como instrumento de definição da personalidade. "Buscar a fisiognomonia tornou-se uma necessidade para emoldurar o rosto de maneira adequada, acentuando a beleza e, ao mesmo tempo, de acordo com o que a moda traz", explica Eliane Pavini. Sendo assim, de acordo com esta ciência, são oito as formas geométricas usadas para definir cada tipo de rosto que, desde a antiguidade, fornecia as referências para determinar as personalidades.

Indicada para vários formatos de rosto – Para quem tem, por exemplo, o rosto no formato de retângulo com testa larga e maçãs do rosto acentuadas, Eliane Pavini orienta o uso da franja na diagonal. "A franja na diagonal deixa o rosto com aspecto mais harmonioso, pois diminui um pouco o comprimento do rosto, deixando a aparência de uma face mais curta".

Já para o rosto em formato de trapézio invertido, o ideal é o uso de uma franja cortada no formato do rosto, com as laterais mais longas e o meio da testa mais curto, recomenda Eliane Pavini. "Esse tipo de franja confere mais personalidade para quem a usa".

Mulheres com rosto em formato de losango (com a testa estreita, maçãs do rosto salientes e queixo pontiagudo) também combinam com a franja cortada na lateral. "A franjinha fica mais curta no meio da testa. É um charme e está super na moda", alerta.

Eliane Pavini ressalta que o uso de franjas não é indicado para mulheres com cabelos muito enrolados e cacheados. "O mais importante é saber adequar o corte que será feito ao tipo de rosto e cabelo de cada pessoa", esclarece Eliane, lembrando que é importante que a mulher se sinta bem e bonita com o novo corte.

 

 

(Fotos: divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

e Verbo Nostro Comunicação

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
dengue1 institucional classificados2
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG