obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 24/08 |
NOTÍCIAS
 
Dívidas da Prefeitura de Mococa colocam em risco serviços básicos
Cidade - 06/12/2018

O portal de notícias da TV Globo, g1.globo.com, G1 São Carlos e Araraquara, está informando nesta segunda-feira, dia 26, que a Prefeitura de Mococa, com dívidas, está negociando com empresas para evitar a interrupção de serviços básicos e tenta evitar colapso com proposta para incentivar  o pagamento de impostos atrasados por meio do Refis.

O fato também foi destaque no “Jornal da EPTV 2”, emissora afiliada da TV Globo na região:

Dívidas da Prefeitura de Mococa com fornecedores ameaçam paralisar alguns serviços básicos como a drenagem do chorume do aterro sanitário e o gás para a cozinha de escolas. A nova administração assumiu há 55 dias após a renúncia do prefeito eleito e está negociando com as empresas que estavam sem receber.

Computadores

Por muito pouco os departamentos da prefeitura não perderam dados e documentos importantes armazenados nos computadores. A empresa de informática que gerencia o sistema estava sem receber regularmente pelo serviço desde 2014, com uma dívida de R$ 190 mil.

A empresa entrou na Justiça e, após uma notificação dando 5 dias para a prefeitura devolver os computadores, a administração fez um novo acordo. A partir de agora eles vão pagar R$ 90 mil em uma parcela imediata e as negociações ficaram para 2019.

Além disso eles vão ter 90 dias para formatar todos os computadores e não ter problemas com as informações.

No início de novembro a empresa que recolhia o lixo hospitalar parou de prestar o serviço, por não ter recebido R$ 224 mil. Os hospitais e as clínicas ficaram sem ter onde descartar o material durante dez dias. O valor devido foi dividido em quatro parcelas e o serviço normalizado.

Aterro sanitário e gás

O diretor financeiro da prefeitura, Celso Roberto Assolin Martins, que assumiu o cargo há 11 dias, diz que outras dívidas preocupam por que colocam em risco o aterro sanitário da cidade e a merenda das crianças nas escolas municipais.

“O lixo está se acumulando no aterro, a drenagem do chorume não está sendo feita. Há também um caso com o fornecimento de gás em unidades da educação também por causa de dívidas. O que podemos fazer é nos antecipar e evitar que chegue a um nível de colapso como foi nesses dois eventos lamentáveis”, afirmou.

Incentivo com Refis

Para tentar aumentar a arrecadação, o prefeito Felipe Niero Naufel (PSDB) [foto] encaminhou ao legislativo uma proposta para incentivar o pagamento de impostos atrasados por meio do Refis. “A preocupação principal é com nossos funcionários públicos, arcar com o 13º e com o salário de todos”

Ainda segundo a prefeitura, o 13º e o salário dos funcionários não estão atrasados. O aumento da arrecadação de impostos é para garantir o pagamento de dezembro. Mas existe uma divida de cento e dez milhões de reais com o inss, que já foi negociada com a união. O pagamento foi parcelado em 20 anos”.

 

 

(Foto: Nilson Porcel/EPTV/divulgação)

 

Fonte e autoria da notícia: G1 São Carlos e Araraquara

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG