obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 11/12 |
NOTÍCIAS
 
Mococa começa 2019 com geração negativa de emprego
Cidade - 12/03/2019

Conforme dados oficiais apurados pelo mococa24horas.com.br junto ao Cadastro Geral de Empregos e Desempregados, o Caged, vinculado agora ao Ministério da Economia, uma vez que o presidente da República, Jair Bolsonaro/PSL, extinguiu o Ministério do Trabalho e Emprego, em janeiro houve 773 demissões e 399 admissões em Mococa, o que provocou um saldo negativo de -374 vagas de emprego com carteira assinada (admissões menos demissões), correspondendo a uma variação de -2,21%. O resultado revela que a geração de emprego formal no município mantém-se negativa, a exemplo do verificado em dezembro de 2018.

Na comparação com o mês de janeiro de 2018, segundo apuração do mococa24horas.com.br, o cenário é de pessimismo, já que neste período o trabalho com carteira assinada em Mococa também apresentou saldo negativo, porém menor, de -37 vagas, registrando 404 demissões e 367 admissões, correspondendo a uma variação de -0,22%.

Agropecuária: setor que mais demitiu em janeiro – O setor de Agropecuária foi o que mais demitiu em janeiro, em Mococa, apresentando saldo negativo de -417 vagas, e uma variação de -15,10%, com 454 demissões e 37 admissões; seguido de Administração Pública, apresentando saldo negativo de -3 vagas de emprego, e uma variação de -0,21%, com 6 demissões e 3 admissões.

O setor de Construção Civil também apresentou saldo negativo, com -2 vagas, e uma variação de -0,57%, com 19 demissões e 17 admissões.

Indústria: setor que mais contratou em janeiro – O setor de Indústria (foto) foi o que mais contratou em janeiro, em Mococa, apresentando saldo positivo de 23 novas vagas, e uma variação de 0,53%, com 93 admissões e 70 demissões; seguido de Serviços, apresentando saldo positivo de 19 novas vagas, e uma variação de 0,50%, com 107 admissões e 88 demissões.

O setor de Comércio também apresentou saldo positivo, com 6 novas vagas, e uma variação de 0,14%, com 142 admissões e 136 demissões. 

Evolução do emprego formal na região em janeiro – Na microrregião (Mococa, São José do Rio Pardo, São João da Boa Vista e Casa Branca), a geração de emprego formal em janeiro apresentou saldo positivo em São João da Boa Vista e saldo negativo em Casa Branca, São José do Rio Pardo e Mococa.

Apenas São João da Boa Vista registrou saldo positivo de emprego com carteira assinada na região no primeiro mês de 2019, com saldo de 116 novas vagas (927 admissões e 811 demissões; variação de 0,53%).

Casa Branca apresentou saldo negativo de emprego em janeiro, com -28 vagas (227 demissões e 199 admissões; variação de -0,41%); seguida de São José do Rio Pardo, com -42 vagas (399 demissões e 357 admissões; variação de -0,33%); e de Mococa, com -374 vagas (773 demissões e 399 admissões; variação de -2,21%).

 

 

 

(Foto ilustrativa: reprodução/Internet/divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG