obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 06/12 |
NOTÍCIAS
 
Padre Donizetti, de Tambaú, será beatificado pelo Papa Francisco
Região - 21/04/2019

A Vatican News, agência de notícias oficial do Vaticano, está informando que neste sábado, dia 6, em audiência com o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Becciu, o Papa Francisco reconheceu o milagre por intercessão do Venerável Servo de Deus, Padre Donizetti Tavares de Lima, de Tambaú, que será beatificado. O milagre do Padre Donizetti curou o garoto Bruno Henrique de Oliveira, morador de Casa Branca, que sofria desde sua nascença de pé torto congênito bilateral.

O processo de beatificação do Padre Donizetti teve início em 1997 e em 2017 obteve o título de Venerável; sendo que, agora, com a beatificação, está a um passo de ser canonizado, ou seja, de se tornar Santo.

Segundo informações da jornalista Mariangela Jaguraba, da Vatican News, “O sacerdote diocesano brasileiro nasceu em 3 de janeiro de 1882, em Cássia (MG), e faleceu em 16 de junho de 1961, em Tambaú (SP).

Padre Donizetti espalhou por Tambaú diversas obras sociais, dentre as quais a fundação do asilo São Vicente de Paulo e da Associação de Proteção à Maternidade e Infância de Tambaú. Criou também a Congregação Mariana, a Irmandade das Filhas de Maria e o Círculo Operário Tambauense.

Exerceu seu sacerdócio como Jesus, a serviço dos pobres, dos marginalizados e doentes. Viveu de maneira simples e humilde, sempre à disposição do povo.

Ainda hoje em Tambaú as suas obras sociais continuam sendo testemunhas de seu zelo social. Tinha grande devoção a Nossa Senhora Aparecida. Em sua época, contam-se vários sinais milagrosos da multidão que ia a Tambaú para receber a bênção do pe. Donizetti.”

Papa reconhece novos veneráveis – Neste dia, de acordo com informações da Vatican News, o Sumo Pontífice também tornou veneráveis, reconhecendo as virtudes heróicas dos Servos de Deus, frei Damião de Bozzano – que se dedicou às populações mais pobres do Recife e às Santas Missões durante os seus 66 anos de vida religiosa –; e do leigo, Nelson Santana, nascido em Ibitinga/SP; “Nelsinho, como era conhecido, era um garoto que tinha câncer no braço. Entre os 7-8 anos, ele sofreu uma queda, provocando um ferimento no ombro esquerdo que começou a se complicar. Seu braço esquerdo foi amputado. Dos 7 aos 9 anos praticamente morou no hospital e fez lá a sua primeira comunhão. Ele mesmo anunciou a sua morte previamente. Com o passar do tempo, o lugar onde Nelsinho foi enterrado tornou-se alvo de muitas visitas por graças alcanças atribuídas a ele.”

Também foram tornados veneráveis, os sacerdotes italianos Carlo Cavina e Raffaele de Sant’Elia a Pianisi; o religioso francês Vittorino Nymphas Arnaud Pagés; a monja Consolata Betrone e a leiga Gaetana Tolomeo, todas italianas. (8/4/2019)

 

 

(Foto: divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG