obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 25/08 |
NOTÍCIAS
 
Como proteger os animais de rua no inverno
Geral - 06/06/2019

Os animais que vivem na rua sofrem com as baixas temperaturas. Os pelos protegem o corpo, mas não são suficientes para suportar o frio. Segundo a médica veterinária Bianca Jacob Shimizu, professora universitária e mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal de Uberlândia, oferecer alimentos mais calóricos e em maior quantidade e confeccionar casinhas feitas com material reciclado (papelão e jornal) ajudam a amenizar o efeito do frio. “Sabemos que não é possível recolher todos os animais das ruas, mas podemos ajudá-los com ações simples”, diz.

Cães e gatos também sofrem com as doenças do inverno. A maior incidência é traqueobronquite infecciosa canina, comumente confundida com gripe nos cães e a rinotraqueíte nos gatos. Uma maneira de prevenção é a vacinação. No frio é importante cuidar da hidratação dos animais. “Os gatos são mais propensos a desenvolverem cálculos nas vias urinárias, devido principalmente à baixa ingestão de água”, informa Bianca.

Campanhas do agasalho podem ajudar a esquentar o inverno dos animais de rua. A conscientização também é importante. “Existem muitos animais em busca de um lar, que precisam de cuidados, carinho e atenção. Antes de comprar um animal de raça, por que não visitar feiras de adoção de animais que acontecem frequentemente na cidade?”, sugere.

Exemplo

Há dois anos a advogada Raquel Kobal e o dentista Alexandre Amancio decidiram cuidar de alguns gatos que circulavam pelo bairro onde moram, em Bebedouro. Começaram oferecendo ração. A rotina de levar comida e água diariamente atraiu outros gatos para um terreno baldio no bairro. Por isso, decidiram pedir ao proprietário autorização para construir um abrigo para as noites de frio e chuva. Limparam o local e construíram um abrigo suspenso com pallets (foto). Animados, fizeram arranhadores, colocaram piso para poderem circular pelo terreno, travesseiros dentro do abrigo e agora começaram a fazer casinhas com latas de tinta para o inverno que chega (foto; Galeria de Fotos, não disponível na versão mobile do site). "Todos os dias, no fim da tarde, levamos alimento e água. Com o tempo, os vizinhos começaram a ajudar. Chegamos no terreno e vemos que alguém levou água ou ração", explica Raquel.

Os brinquedos e abrigos são coloridos e feitos artesanalmente pelo casal. Raquel e Alexandre ainda levam os animais para castração e tratamento quando necessário. O dentista chegou a fazer um acordo com uma clínica veterinária na cidade: ele oferece tratamento aos colaboradores da clínica em troca de atendimento aos animais. "Cada um sempre pode fazer algo. O interessante é adotar uma causa", diz Alexandre.

 

 

 

(Fotos: divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

e Texto & Cia. Comunicação

 
foto27a.jpg
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG