obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 16/09 |
NOTÍCIAS
 
Presa dupla que se disfarçava de carteiro
Polícia - 01/08/2014

O portal de notícias da Globo, g1.globo.com, São Carlos e Araraquara, está informando que a Polícia Civil em Mococa prendeu nesta sexta-feira, 1, em São Paulo, uma dupla de ladrões suspeita de integrar uma quadrilha que se disfarçava de carteiros e que roubou residências em Mococa e São José do Rio Pardo:

“A Polícia Civil de Mococa (SP) prendeu nesta sexta-feira (1º) dois homens, um de 37 anos e outro de 33, suspeitos de integrar uma quadrilha que se disfarçava de carteiros e funcionários de telefonia para assaltar residências. Ambos foram encontrados nas casas onde moravam em São Paulo. Na região, o grupo fez sete vítimas em Mococa e São José do Rio Pardo desde o início de 2013. Outros três integrantes são procurados.

Os policiais cumpriram dois mandados de prisão expedidos pela Justiça. Através das investigações, que já duram cerca de um ano e meio, eles conseguiram prender seis pessoas até o momento.

Durante as investigações, a polícia de Mococa levantou informações que possibilitaram a identificação dos criminosos que agiam na região e também praticavam crimes semelhantes na capital paulista. Todos os suspeitos têm passagens pela polícia por roubo, formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo e eram procurados por fuga ou por condenação, com exceção de uma suspeita moradora de Mococa.

Os crimes - Em todos os assaltos o grupo amarrou e trancou as vítimas, levando dinheiro, joias e aparelhos eletrônicos. Em Mococa, foram cinco crimes, sendo que em dois os criminosos estavam vestidos como carteiros e três como falsos funcionários de empresa de telefonia.

Em um deles, em dezembro de 2013, os criminosos usaram uniformes dos Correios para invadir a casa de um engenheiro. Imagens das câmeras de segurança registraram a entrada e saída do falso funcionário dos Correios e outros cinco homens que fugiram com R$ 600 e joias.

Em São José do Rio Pardo, o grupo assaltou duas residências também vestidos de funcionários dos Correios. As vítimas foram um empresário da cidade e um juiz. No último, no dia 21 de maio, por volta de 9h30, dois suspeitos se passaram por carteiros, tocaram a campainha e informaram sobre uma entrega. Quando um empregado abriu a porta, eles anunciaram o assalto e outros três homens, vestidos com uniformes de uma empresa de segurança, entraram na casa.

O juiz e a mulher dele foram rendidos e foram reféns dos homens por cerca de 20 minutos. Eles ficaram sob a mira de um revólver, enquanto os bandidos exigiam dinheiro e objetos. A quadrilha fugiu levando cerca de R$ 10 mil em joias e dinheiro”.

 

(Foto: EPTV/reprodução/divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria.

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG