obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 07/12 |
NOTÍCIAS
 
Facção planejava matar diretor do C. R. de Mococa, revela Polícia
Polícia - 12/11/2019

O portal de notícias de TV Globo, G1.globo.com, G1 São Carlos e Araraquara, está informando neste sábado que o Departamento Estadual de Investigações Criminais, o Deic, identificou um plano de detentos para matar o diretor do Centro de Ressocialização de Mococa (foto). O fato também foi destaque no Jornal da EPTV 1, emissora afiliada da TV Globo na Região, em reportagem da jornalista Sônia Souza:

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) indiciou dez suspeitos de planejar a morte do diretor do Centro de Ressocialização (CR) de Mococa (SP).

A investigação começou depois que dez presos membros de uma facção criminosa, que cumpriam regime semiaberto no CR tiveram os celulares apreendidos. Por estarem com os aparelhos os detentos tiveram a regressão da pena, que passou a ser cumprida em regime fechado, o que teria motivado um plano de vingança contra o diretor.

Há seis meses a polícia investigava os dez suspeitos de planejar a morte do diretor. A operação, batizada de sintonia aconteceu em dois pavilhões no presídio de Casa Branca e em outras 11 cidades do Estado de São Paulo. Celas foram vistoriadas e anotações foram apreendidas.

Um dos investigados confessou o plano de homicídio contra o diretor. Agora, mesmo os suspeitos que já estão presos, deverão responder por novos crimes.

“Estão sendo indiciados por integrar organização criminosa e tentativa de homicídio. Será uma nova ação penal que eles estão sujeitos”, afirmou o delegado da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Casa Branca, Wanderley Fernandes Martins Júnior.

 

Confira como foi a operação policial realizada na quinta-feira, dia 17, que foi denominada “Operação Sintonia”, segundo nota do setor de Comunicação Social da Polícia Civil de São Paulo:

“Operação frustra plano de facção de matar diretor de presídio no interior paulista

Policiais civis da  6ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Facções Criminosas e Lavagem de Dinheiro (Deic) indiciaram, nesta quinta-feira (17),10 pessoas por planejarem a morte de um diretor de presídio, do município de Casa Branca. 

A “Operação Sintonia” foi deflagrada no interior paulista, onde integrantes de uma organização criminosa, apesar de presos por outros crimes, planejavam o crime de dentro das unidades prisionais. As equipes cumpriram os mandados judiciais em Capela do Alto, Casa Branca, Hortolândia, Porto Feliz, Itapetininga, Itapira, Itatiba, Itirapina, Mairinque, Santa Cruz das Palmeiras, São José do Rio Pardo e Tremembé.

A equipe investigava o plano há seis meses e identificaram 13 homens responsáveis por operacionalizar o crime.

Foram realizadas buscas nas celas com o objetivo de apreender equipamentos e documentos produzidos pelos envolvidos. Os investigados, durante a ação, tentaram se desfazer dos itens jogando-os nas privadas (foto, Galeria de Fotos; não disponível na versão mobile do site).

Centenas de anotações e 10 celulares foram apreendidos e passarão por análise para extração de mais informações sobre a operacionalidade da facção

 

 

 

(Fotos: reprodução/Arquivo; e Deic/divulgação)

 
reprod19a.jpg
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG