obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 30/05 |
NOTÍCIAS
 
'Pedro Spajari, o pequeno herói de Mococa', destaca Best Swimming
Cidade - 25/04/2020

O portal Best Swimming, considerado o maior e melhor site de natação do País e criado pelo coach Alex Pussieldi, está repercutindo o trabalho social do nadador mocoquense Pedro Spajari nestes tempos de pandemia de Covid-19 (foto). Spajari e um amigo, Bruno Rezende de Almeida, distribuíram cestas básicas a famílias com crianças em situação de vulnerabilidade em Mococa.

Nascido em Amparo e radicado em Mococa desde criança, Pedro Spajari desenvolveu sua carreira na Associação Esportiva Mocoquense e atualmente é nadador do Esporte Clube Pinheiros, de São Paulo. É considerado um dos grandes velocistas do Brasil e do mundo.

Trajetória – Confira a trajetória esportiva de Pedro Spajari, segundo informações registradas na Wikipédia, “No Campeonato Mundial Júnior de Natação de 2015, realizado em Cingapura, ele terminou em 5º nos 100 metros livres, e 4º no revezamento 4x100 m livres.

Em 2016, Spajari descobriu que tem a Síndrome de Klinefelter, que afeta apenas homens. O problema reduz o nível de testosterona do corpo, afeta a atenção e prejudica a imunidade. A síndrome reduziu seu desempenho e encerrou seu sonho de defender a equipe brasileira nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 no Rio de Janeiro. Ao descobrir o problema, ele iniciou o tratamento médico com reposição hormonal, devidamente autorizado pelas autoridades esportivas.

Ele esteve na Universíada de Verão de 2017, terminando em 6º nos 100 metros livres, 5º no revezamento 4x100 m medley e 6º no revezamento 4 x 100 m livres.

No Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2018 em Tóquio, Japão, ele conquistou a medalha de ouro no revezamento 4x100m livre, juntamente com Gabriel Santos, Marco Ferreira Júnior e Marcelo Chierighini. Ele também terminou em 4º no revezamento 4x100m medley, 6º nos 50m livres, e 7º nos 100m livres.

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2019, em Gwangju, na Coréia (sic) do Sul, no revezamento 4x100m livres, ele terminou em 6º, ajudando o Brasil a se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Nos Jogos Pan-Americanos de 2019, realizados em Lima, Peru, ele ganhou o ouro no revezamento 4x100 metros livres, quebrando o recorde dos Jogos Pan-Americanos. Ele também ganhou uma medalha de prata no revezamento 4x100 metros livres misto, por participar das eliminatórias da prova. Também participou dos 50m livres, terminando em 5º lugar.”

 

 

(Foto: divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG