obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 27/10 |
NOTÍCIAS
 
Patrimônio dos candidatos a prefeito e vice de Mococa soma R$ 11,2 milhões
Cidade - 07/10/2020

A declaração de bens dos 5 candidatos a prefeito e vice de Mococa, que concorrem nas eleições de 15 de novembro, totaliza R$ 11.218.054,55, de acordo com os indicadores oficiais do Tribunal Superior Eleitoral, o TSE.

O candidato do Republicanos, o empresário Paulo Vicente, foi o que apresentou o maior patrimônio, R$ 5.803.155,94, de acordo com o TSE, já a candidata a vice-prefeito na chapa do Maestro Coelho de Moraes/PSB, Janaína Casteli, não declarou bens.

Bens de Eduardo Barison e Daniel Girotto – O candidato da coligação “Novo Caminho”, o vereador, Eduardo Barison/PSD, declarou possuir R$ 459.286,71 de bens, a saber: 1/6 de uma casa em Mococa (R$ 13.336,00); 1 veículo Chevrolet Montana (R$ 33.300,00); 1 veículo Hyunday em nome da cônjuge (R$ 61.055,52); 1 casa em Mococa (R$ 260.000,00); 1 veículo VW Amarok (R$ 65.000,00); depósito bancário Bradesco (R$ 102,00); 50% do capital social da empresa Barison Odontologia Especializada (R$ 5.000,00); e 1/6 do sítio São Joaquim, em Mococa (R$ 21.493,19). Nas eleições de 2016, quando se reelegeu vereador, Barison declarou de patrimônio R$ 418.346,60.

O candidato a vice-prefeito na chapa de Barison, o vereador, suplente de deputado estadual e empresário, Daniel Girotto/PROS, declarou possuir R$ 70.000,00 de bens, a saber: 1 casa em Mococa (R$ 70.000,00). Nas eleições de 2018, quando se tornou suplente de deputado estadual, Girotto declarou de patrimônio R$ 71.500,00.

Bens de Felipe Naufel e Sonia de Pauli – O prefeito Felipe Naufel/PSDB, que busca a reeleição pela coligação “Unidos por Mococa”, declarou possuir R$ 1.386.112,19 de patrimônio, a saber: 1 apartamento em Caraguatatuba (R$ 230.000,00); Consórcio Itaú Imóveis, não contemplado (R$ 86.356,05); Aplicações Banco Itaú (R$ 4.156,05); depósito Banco Itaú (R$ 10,00); 1 lancha (R$ 40.000,00); Prêmio acumulado VGBL Brasil Prev. Seguros (R$ 17.827,43); 1.000 cotas capital social empresa Naufel Med. Serviços Médicos (R$ 10.000,00); CDB Banco Itaú (R$ 655,52); 1 apartamento em Ribeirão Preto (R$ 118.915,64); 1 veículo Mercedes Benz (R$ 115.000,00); 1 chácara em Mococa (R$ 545.691,31); 1/3 de casa em Mococa (R$ 48.255,02); 1 veículo Pajero (R$ 107.032,04); 1 terreno em Mococa (R$ 57.503,64); e caderneta de poupança CEF (R$ 4.709,49). Nas eleições de 2016, quando se elegeu vice-prefeito, Naufel declarou R$ 979.667,33. 

A candidata a vice-prefeito na chapa de Naufel, Sonia de Pauli/MDB, declarou possuir R$ 150.426,17 de patrimônio, a saber: 1 veículo VW Space (R$ 34.000,00); aplicação Banco Santander (R$ 721,60); caderneta de poupança CEF (R$ 436,89); depósito Banco Santander (R$ 29,76); 1 casa em Mococa (R$ 55.747,54); caderneta poupança, dependente André (R$ 73,93); aplicação Banco do Brasil (R$ 4.451,25); 1 veículo GM Ônix (R$ 34.000,00); 1 casa em Mococa (R$ 5.100,00); 1 moto Honda (R$ 12.900,00); 1 linha telefônica (R$ 1.200,00); aplicação Banco do Brasil (R$ 1.765,20). Nas eleições de 2016, quando se elegeu vereadora, Sonia declarou R$ 18.417,66 de bens.

Bens de Maestro Coelho de Moraes e Janaína Casteli – O professor e maestro Coelho de Moraes/PSB declarou possuir R$ 2.450.000,00, a saber: equipamento cinematográfico (R$ 100.000,00); 1 casa (R$ 2.000.000,00); e herança/parte (R$ 350.000,00). Nas eleições de 2008, quando se tornou suplente de vereador, Coelho de Moraes declarou R$ 445.000,00 de bens.

A candidata a vice-prefeito na chapa do Maestro, Janaína Casteli/PSB, não declarou bens.

Bens de Martinho Colpani e Odair Lopes da Silva – O suplente de deputado federal e empresário, Martinho Colpani/PL, declarou possuir R$ 287.248,96 de patrimônio, a saber: investimento Bradesco (R$ 9.636,66); cota de capital da empresa Colpani Ind. & Com. de Pescado (R$ 10.000,00); 1 gleba de terras em Mococa (R$ 120.000,00); 1 veículo VW Space (R$ 38.000,00); cota da firma individual Martinho Carlos Colpani Filho (R$ 612,30); 1 veículo Fiat Uno Mille (R$ 14,500,00); cota da firma Colpani Cozinha Industrial (R$ 5.000,00); 50% de sítio em Mococa (R$ 70.000,00); 1 veículo Fiat Uno Mille (R$ 19.500,00). Nas eleições de 2018, quando se tornou suplente de deputado federal, Colpani declarou R$ 398.666,00.

O candidato a vice-prefeito na chapa de Colpani, o empresário Odair Lopes da Silva/PL, declarou possuir R$ 490.703,98 de patrimônio, a saber: depósito CEF (R$ 1.915,01); cota de capital social da empresa Aro (R$ 20.000,00); 1 casa em Mococa (R$ 119.431,00); 1 casa em Mococa (R$ 45.000,00); depósito CEF (11,71); 1 veículo Pegoet 207 (R$ 38.500,00); 25% de um terreno (R$ 60.000,00); 1/9 de um sorte de terras (R$ 750,00); cota de capital da empresa Corujão (R$ 15.350,00); cota de capital da empresa Corujão (R$ 72.000,00); depósito CEF (R$ 41.250,23); 1 casa em Mococa (R$ 11.496,03); e 1 veículo Nissan Frontier (R$ 65.000,00).

Bens de Paulo Vicente e Julio Bizaio –  O empresário Paulo Vicente/Republicanos declarou possuir R$ 5.803.155,94 de patrimônio, a saber: 1 terreno em Mococa (R$ 20.000,00); 1 terreno em Mococa (R$ 300.000,00); 14 mil cotas da empresa PV Equipamentos Imobiliários (R$ 14.000,00); 1 terreno em Mococa (R$ 11.200,00); 1 terreno em Mococa (R$ 64.410,00); depósito Sicoob (R$ 37,75); aplicação Sicoob (R$ 2.440.000,00); 90% das cotas da empresa Aluminox (R$ 45.000,00); 1 casa em Mococa (R$ 282.300,00); 1 terreno (R$ 180.000,00); 1 casa em Mococa (R$ 1.870.000,00); 90% das cotas da empresa Paulo Elias Vicente (R$ 20.000,00); depósito Sicoob (R$ 725,51); depósito CEF (R$ 71.699,68); 1 casa em Mococa (R$ 450.000,00); e 1 terreno em Mococa (R$ 33.783,00). Nas eleições de 2012, quando se tornou suplente de vereador, Vicente declarou R$ 80.000,00.

O candidato a vice-prefeito na chapa de Vicente, o empresário Julio Bizaio/Republicanos, declarou possuir R$ 121.120,60 de patrimônio, a saber: poupança Bradesco (R$ 26.581,03); 1 terreno em Mococa (R$ 15.849,70); 1 casa em construção (R$ 74.189,87); 50% das cotas da empresa Bizaio & Braz (R$ 4.000,00); 5% das cotas da empresa Bizaio & Silva (R$ 500,00). Nas eleições de 2016, quando se tornou suplente de vereador, Bizaio declarou R$ 71.404,02.

 

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG