obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 06/12 |
NOTÍCIAS
 
Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Mococa
Cidade - 15/11/2020

Atendendo à legislação, os candidatos à prefeitura de Mococa, Eduardo Barison/PSD; Felipe Naufel/PSDB; Martinho Colpani/PL; Maestro Coelho de Moraes/PSB; e Paulo Vicente/Republicanos, registraram na Justiça Eleitoral os seus planos de governo.

O mococa24horas.com.br selecionou as propostas que cada candidato tem em relação aos seguintes temas:  Empregos, Segurança e Saúde e que estão registradas na Justiça Eleitoral. Confira:

 

EMPREGOS

 

- Eduardo Barison/PSD:

“• Elaborar programa de compras públicas sustentáveis, considerando parâmetros ambientais, econômicos e sociais na elaboração de editais para aquisição de bens e serviços;

• Estimular a gestão participativa das unidades municipais, envolvendo as lideranças e a comunidade na discussão dos problemas e principalmente na elaboração de projetos educativos e preventivos dos principais problemas recorrentes;

• Promover atividades para discutir e incentivar o empreendedorismo, envolvendo as entidades promotoras do tema, a comunidade acadêmica e agentes reguladores;

• Promover atividades que esclareçam e incentivem as práticas de cidadania e voluntariado;

• Promover atividades para formação de valores de cidadania nas escolas, tais como: “agente de trânsito mirim”, “jovem vereador”, “prefeito por um dia”, “jogue o lixo no lixo”, “educador nota 10”;

• Levantar e ajustar os desvios de função, de forma a buscar a eficiência dos departamentos, bem como trabalhar para manter e prevenir reclamações trabalhistas;

• Levantar as principais causas de ações judiciais contra a prefeitura e buscar ações corretivas e preventivas para reduzir e evitar aquelas que forem possíveis;

• Estimular e valorizar o trabalho das comissões e conselhos, como forma de envolver a comunidade e de aproveitamento do capital humano presente na sociedade, tais como a Comissão de Uso do Solo e o projeto de lei de zoneamento da cidade e as Comissões de Avaliação das Organizações de Sociedade Civil no trabalho de acompanhamento e fiscalização do Marco Regulatório do 3º setor;

• Elaborar projeto de criação de uma segunda incubadora de empresas, como forma de atração e preparação de novas empresas e negócios, para ocupar um distrito industrial as margens da SP 340;

• Manter e intensificar as parcerias com a Associação Comercial e Industrial de Mococa;

• Implantação da sala de apoio ao empreendedorismo na prefeitura municipal para oferecer assessoria e incentivar a redução da informalidade dos negócios com programas de esclarecimento pontuais para capacitação;

• Promover a sequência no projeto de distribuição do gás natural, que está em fase de análise pela COMGÁS;

• Elaborar política de parceria pública-privada para melhor utilização dos espaços públicos, tais como o Recinto da Expoam e Aeroporto;

• Promover e apoiar atividades que estimulem o comercio local, a criação de novos negócios, o agronegócio e outras potencialidades no município, tais como feiras comercias, palestras, encontros, atividades e parcerias de apoio ao empreendedorismo;

• Revisar processos para promover a desburocratização na abertura do Microempreendedor Individual (MEI) e de micro e pequenas empresas;

• Estudar medidas para regularizar concessão de escritura pública definitiva para as empresas lotadas nos distritos industriais.”

 

 

- Felipe Naufel/PSDB:

“Será preciso um olhar especial para a Geração de Emprego e Renda do Município, o fortalecimento do mercado de trabalho no Município de Mococa, do empreendedor local, dos serviços prestados em toda municipalidade. Uma ação de grande impacto do nosso próximo mandato será a implantação de novo Distrito Industrial para suprir a demanda de novas empresas em Mococa, assim como o fortalecimento de novas incubadoras de empresas, e ainda o fomento visando estruturar os empreendedores locais. Inclusive, com a viabilidade de receber em doação do Estado de São Paulo uma área Industrial que proporcione melhorar os trabalhos voltados à política da Geração de Emprego e Renda. Esta iniciativa já tem tratativas em andamento”

 

 

- Maestro Coelho de Moraes/PSB:

O candidato não apresentou propostas neste quesito na Proposta de Governo enviado à Justiça Eleitoral.

 

 

- Martinho Colpani/PL:

O candidato não apresentou propostas neste quesito na Proposta de Governo enviado à Justiça Eleitoral.

 

 

- Paulo Vicente/Republicanos:

“Fortalecimento da cadeia de Centros de Comércio Popular nas áreas do Centro e nos bairros.

Criação de espaços para Praças de Alimentação Popular nos centros de lazer nos bairros e áreas da cidade.  

Criar um balcão de empregos com um banco integrado de currículos de profissionais da cidade.

Programa Profissional Legal

- Cadastro para prestação de serviços profissionais através do Sistema de contratação de profissionais capacitados.  

Catálogo de obras e serviços disponíveis para contratação. Trabalhar com micro empreendedores individuais.

Criar projetos de qualificação de mão de obra.

Programa Renda Mococa. Organização e capacitação da economia informal em todos os bairros. Divulgação das atividades e oferta de trabalho dos mesmos. Contratação para prestação de serviços para a Prefeitura através do terceiro setor.

Cadeia de Produção de Alimentos. São propostas para a Gestão da Economia Solidária

Criar o Programa Cadeia Produtiva de Alimentos integrando o poder público, o investidor, o produtor, o comerciante e o consumidor, no objetivo de produzir a baixo custo e promover a geração de trabalho e renda”.

 

 

 

 

SEGURANÇA

 

- Eduardo Barison/PSD:

“• Elaborar com a participação popular um eficiente plano de mobilidade urbana;

• Modernização dos equipamentos de semáforos;

• Valorizar as politicas públicas de educação para o trânsito;

• Promover um grande programa de manutenção, recuperação e atualização da sinalização de transito;

• Incentivo e fortalecimento do Conselho Comunitário de Seguranças;

• Investir na qualificação dos Guardas Municipais e dos Agentes de Trânsito, com fornecimento de materiais, veículos e equipamentos para a melhoria de suas atividades;

• - Expandir o videomonitoramento com a adoção de protocolos de segurança para a garantia da privacidade das imagens geradas, com a participação efetiva da Guarda Municipal, Polícias Civil e Militar e Ministério Público;

• Manutenção do convênio da atividade delegada – parceria entre Policia Militar e Prefeitura Municipal;

• Melhoria da integração da Guarda Municipal com as forças de segurança do Estado”

 

 

- Felipe Naufel/PSDB:

“- Criação do centro de controle e monitoramento 24 horas;

-Instalação de câmeras em torres de observação na principais vias de acesso, que enviarão imagens de toda cidade em tempo real para uma central da Polícia Militar;

-Formalizar parceria com Associação Comercial e Industrial de Mococa – ACIM, nas areas já monitoradas pelo comércio e ACIM;

-Modernização e continuação da capacitação da Guarda Municipal;

-Implantação de vigilância comunitária nas localidades mais populosas;

-Apoio as policias (civil e militar) para combate a furtos e roubos na área”

 

 

- Maestro Coelho de Moraes/PSB:

“Valorização da Guarda Municipal, oferecendo treinamento e equipamentos modernos para servir à população;

Realizar concurso público para aumentar o efetivo e ampliar a vigilância nos bairros e nos distritos;

Implantar um programa municipal de cercamento eletrônico com o objetivo de reduzir o roubo e furto de veículos no município;

Ampliar o sistema municipal de vigilância por câmeras;

Criar o programa Cultura da Paz, para melhorar o diálogo entre os órgãos públicos e reduzir a violência e a marginalização ligadas ao menor infrator, mulheres, negros e a comunidade LGBT;

Implantar o programa JEPOM (Jovens no Exercício do Programa de Orientação Municipal), exitoso em vários municípios governados pelo PSB. Os jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ao completarem 18 anos, receberão uma bolsa-auxílio para realizarem cursos profissionalizantes e atividades de apoio civil na administração pública municipal”

 

 

- Martinho Colpani/PL:

“Melhoria na segurança. Pesquisas demonstram que as percepções da população em relação à Polícia são instrumentos valiosos para que o setor público entenda e aprimore o relacionamento com a sociedade, com a criação de programas e políticas que tenham mais suporte público.  

- De forma prática, a Polícia depende da confiança dos cidadãos para desempenhar um papel mais eficiente. Através dela é possívelü construir parcerias com os cidadãos para prevenir a criminalidade e não apenas combatê-la quando ocorrem crimes. As atividades de policiamento acontecem quando há uma cooperação entre a Polícia e as comunidades. Desta forma, objetiva-se a implantação de sistema de vigilância de câmeras elementar ao momento em que vivemos principalmente nas entradas da cidade;

- Dar atenção à segurança primária, como poda de árvores, calçamentos e infraestrutura;

- Segurança no interior da escola: o funcionário como agente repressor ou mediador de conflitos. O adolescente infrator e a reeducação. O Estatuto da Criança e do Adolescente”.

 

 

- Paulo Vicente/Republicanos:

“Criar e implantar o CONSEP – Conselho Municipal de Segurança Pública, para debater e planejar o Plano Municipal de Segurança Pública e acompanhar as ações de segurança.

Plano de Ação de Segurança da Cidade de Mococa, que potencialize a melhora na qualidade de vida do bairro, com contigente de metas, objetivos e cronograma das ações da sua gestão.  Implantar a utilização de recursos tecnológicos (câmeras) e de gestão para otimizar a capacidade de ordenamento, conservação da cidade e segurança.  Planejamento estratégico da segurança pública municipal.

Implantação de Projeto Piloto da nova política pública de segurança – Avaliação e ajustes.

Implantação do Plano de Segurança Municipal Humanizada.

Torna-se imprescindível reavaliar o sistema atual através de uma detalhada análise da situação, a partir de uma nova Metodologia: São propostas para a Gestão Humanizada da Segurança:  Modernização do Sistema por meio de mudanças de marcos legais regulatórios e de intervenções integradas.  

Plano de Ação de Segurança da Cidade de Mococa, que potencialize a melhoria na qualidade de vida no bairro, contend metas, objetivos e cronograma das ações de segurança durante o mandato.  Planejamento estratégico da segurança pública municipal, com implantação de Projeto Piloto; sua avaliação e ajustes; eimplantaçãodoPlanodeSegurançaHumanaMunicipal.

Estabelecer o conceito de Segurança Humana – Enxerga a pessoa como um ser completo e necessário à constuição da sociedade.  

Rediscussão da Guarda Municipal e das suas funções, que hoje estão reduzidas a simples guardadora do patrimônio público.  Implantar o Programa Mococa Segura e Humana - Iluminação, asfalto, limpeza nas comunidades.

Integrar a Segurança ao conjunto da Promoção Humana Integrada, começando pelo aprendizado do conceito de segurança na escola, da segurança na Educação e na Saúde e da intervenção orientadora da Assistência Social.  

Criar interface e integração de segurança entre Município e Estado, bem como a interação com a comunidade nas ações e objetivos.  Estabelecer como meta a municipalização e abairramento da segurança, promovendo a institucionalização da segurança cidadã.  Alinhamento da opinião pública ao discurso e ação pública efeva de segurança municipal, melhorando a imagem e vida do morador do bairro.  Mensurar e avaliar resultados tais como: interação com a comunidade; diminuição dos índices de criminalidade e violência; redução da sensação de insegurança; satisfação da comunidade e das pessoas.  Melhorar e ampliar a rede de iluminação pública para todos os bairros da cidade.

Ampliar e modernizar os Centros de Reabilitação de usuários de drogas”.

 

 

 

 

SAÚDE

 

- Eduardo Barison/PSD:

“• Elaborar projetos pontuais com base nas demandas identificadas nos pontos de atendimento referente a programas de prevenção para melhora das condições de vida do cidadão, tais como a conscientização sobre a importância da consulta preventiva e de acompanhamento, incentivo a práticas de atividades físicas, promover noções de educação alimentar e aprimorar os serviços de atendimento domiciliar;

• Estudar e propor melhoria no atendimento para as principais demandas das unidades, envolvendo a gestão participativa, a revisão das funções, identificação e organização de retrabalhos, recuperar funcionários em outros departamento e funções;

• Melhoria da infraestrutura física e humana da UPA, nas ações emergenciais e de Pronto Atendimento;

• Elaborar estudo para propor melhoria sustentável no transporte de pacientes, com revisão das demandas, da capacidade de atendimento e das possibilidades de melhoria;

• Aprimoramento da Farmácia Municipal de manutenção da política de descentralização da mesma;

• Universalização da Estratégia Saúde da Família;

• Estudar e buscar novas gestões com o Estado e a União para atendimento dos casos de baixa e média complexidade;

• Atuar na adoção de politicas públicas para a melhoria dos serviços aos cidadãos;

• Ampliação do atendimento oncológico no município;

• Universalização do atendimento odontológico;

• Apoiar a Santa Casa de Mococa;

• Sempre ouvir a população para diagnosticar a qualidade dos serviços prestados.”

 

 

- Felipe Naufel/PSDB:

“-Ofertar cursos intensivos para capacitação e aperfeiçoamento na atuação dos agentes de saúde e agentes de endemias (parcerias com Governos Federal e Estadual), bem como de todos os demais servidores da área da saúde;

-Ampliação e aperfeiçoamento do Programa da Farmácia Popular;

-Criação do Programa Remédio em casa, com a distribuição de medicamentos;

-Promoção de campanhas itinerantes em todos os bairros e Distritos, voltados a exames oftamologicos, ginecologicos, diabeticos e urológicos;

-Criação do PADI – Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso;

-Ofertar médicos especialistas nos ESFs com ênfase a saúde da mulher e rede cegonha (pré-natal, parto/nascimento, puerpério e atenção integral à saúde da criança.

-Construção do SV0 (Serviço de Verificação de Óbitos) de acordo com as normas da vigilância sanitária (serviço regional já implantado no município).

-Construção de uma rede de frios (processo que abrange: armazenamento, conservação, distribuição, transporte e manuseio dos imunobiológicos utilizados nas imunizações; com o objetivo final de assegurar que todos os produtos administrados mantenham suas características imunogênicas);

-Implantação e operação do Centro de Hemodiálise;

-Promover melhorias da estrutura física, dos equipamentos e dos serviços na unidade de atendimento municipal, garantindo atendimento preventivo de saúde para todos;”

 

 

- Maestro Coelho de Moraes/PSB:

“Assegurar que haja atendimento de qualidade em toda a rede SUS;

Priorizar ações de prevenção através do programa Médico da Família;

Criar uma central inteligente de agendamento de consultas e procedimentos, que poderá ser acessada através de aplicativo ou por telefone;

Garantir o atendimento de especialistas para acabar com viagens desnecessárias para outras cidades”.

 

 

- Martinho Colpani/PL:

“- VALORIZAÇÃO DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE MOCOCA “A Santa Casa de Mococa vem cumprindo sua missão: Promover a atenção à saúde da comunidade com excelência e humanização, sem distinção”. Dentro deste propósito, a administração pública apoiará o trabalho desenvolvido.

- PRONTO SOCORRO  Reativar o antigo Pronto Socorro trazendo-o para o modelo de SALA VERMELHA e promovendo, assim, o atendimento de casos de emergência de forma direta, agilizando o serviço e preservando vidas.

- CENTRAL DE AMBULÂNCIA – LINHA FÁCIL  Centralizar o agendamento das ambulâncias brancas e os veículos existentes, para com isso, dinamizar os atendimentos, trazendo eficácia e eficiência aos serviços;  Agendamentos de viagens; Controle de frotas; Solicitação de transporte

- FÁRMACIA PARA TODOS 24 HORAS  Hoje, a farmácia popular fica aberta em horário comercial. É preciso dinamizar a recepção desse serviço na UPA (Unidade de Pronto Atendimento 24 horas) possibilitando o fornecimento de medicamento em casos de emergência.

- HEMODIÁLISE  Gestão pública eficiente em um serviço de hemodiálise; Aspectos financeiros, planejamentos, responsabilidades e práticas de êxito; Pretende-se averiguar a contratação da empresa da licitação e concluir a obra pública, caso não realizada na gestão atual, pois é necessário dar prioridade, caso contrário se dará continuidade a uma gestão inconseqüente, com mortes desnecessárias”.

 

 

- Paulo Vicente/Republicanos:

“Reduzir para um ano o tempo de realização das Conferências de Saúde, a fim de melhor avaliar o desempenho e propor os reajustes e avanços necessários a uma maior dinamização das políticas de saúde.  

Promover a melhoria na estrutura functional para a PROMOÇÃO, PROTEÇÃO e RECUPERAÇÃO da Saúde  

Integrar a ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO dos serviços prestados pelo Município através de suas UNIDADES DE SAÚDE ao Sistema Estadual e Federal de Saúde Pública, a fim de oferecer saúde toda hora à população de Mococa;  

Aquisição de mais veículos para melhoria no transporte de pacientes aos Centros de Referência Especializada. (idoso, gestante, pediatria, etc)  

Ativar e manter em funcionamento os PROGRAMAS DE SAÚDE Municipais

Investir na Saúde da criança e do adolescente (ativando os Conselhos Tutelares)

Promover efetivamente a EDUCAÇÃO EM SAÚDE, através da proposição, implantação e implementação de: 1. Políticas de saúde, programas e projetos; 2. Formação, desenvolvimento professional e educação permanente.

Modernizar e ampliar a Vigilância em Saúde para tornar efetiva sua atuação na Fiscalização para licenciamento sanitário em todas as atividades; normatizar e aumentar a fiscalização; monitorar a ação dos responsáveis a fim de evitar desvios de conduta.  Reorganização espacial e modernização das Unidades Básicas de Saúde – UBS a fim de melhorar o sistema de atendimento básico nos bairros.  

Facilitar a marcação de consultas médicas e acesso a medicamentos através da tecnologia de informática e comunicações.  

Orientação pública (escolas e comunidades) da estratificação da Rede Municipal de Saúde.

Participação direta da comunidade em ações de saúde, como vacinação ou mutirões de atendimentos.  

Incentivo ao VOLUNTARIADO,com cadastramento e acesso facilitado na PMM.

Otimizar a ESTATÍSTICA de uma forma geral e estratégica.

PARCERIAS com Forças Armadas visando a PROMOÇÃO E PREVENÇÃO de Saúde.

AMPLIAR e FISCALIZAR os agentes de vigilância sanitária, monitorando a execução das ações e avaliando por estatística.  

Parcipação da COMUNIDADE, com um maior número de reuniões anuais em forma de Conferência de Saúde.

MAIOR ACESSIBILIDADE entre“gerentes”e o Prefeito, sem tanta burocracia, com menor interferência na transmissão de dados atualizados.  

Incluir o Programa“Melhorias na qualidade de vida”, sob orientação de professors de educação básica e nutricionistas, também nas UBS.  

Ampliar esse Programa incentivando as ações em praça pública, com uma maior número de participantes e maior disseminação da prevenção às doenças degenerativas.  Manter a revitalização e aparelhamento das praças com equipamentos para atividade física, porém sob supervisão e cuidados das“Secretarias”.  

VISITAS sistemáticas e periódicas do Secretário de Saúde e sua equipe a todas as Unidades, se possível com a presença dos líderes comunitários – Calendário divulgado anualmente.  

Campanhas educativas periódicas em escolas e centros sociais sobre assuntos como saneamento básico, doenças infecto-parasitárias etc.  

Utilização das Unidades Educacionais e de Saúde, durante os finais de semana, com atividades visando educação e melhoria na qualidade de vida para todos.  Apoiar eventos comunitários que estimulem a prática de esportes, fazendo nascer nos espaços municipais“Centros de Capacitação”.  

REATIVAR eventos direcionados ao funcionalismo da Prefeitura, como os Jogos Esportivos.

PREMIAR os funcionários com desempenho notável em sua área de trabalho com cerimônias comemorativas e ampla divulgação.  ESTIMULAR, em forma de estágio, os familiares dos servidores a participar do seu ambiente de trabalho – maridos, esposas e filhos.  Superar a fragmentação na atenção – prestando uma assistência continua de integração à população.  

Readequar a rede de saúde as necessidades básicas de saúde. Programa de acolhimento humanizado, escutando as necessidades de saúde do usuário de forma rápida e efetiva.  Ampliar e gerir o fornecimento de medicamentos gratuitos nas farmácias das ESFs. Fortalecer o Sistema atual com a melhoria, modernização e humanização dos atendimentos e procedimentos de saúde básica de responsabilidade do Município.

Ampliação da rede de saúde dentro de um planejamento espacial e humanitário integrado a todos os serviços essenciais da gestão pública municipal.  

Atendimento de saúde comunitário sistemático, promovendo mutirões envolvendo todos os meios disponíveis para oferecer atendimento multiclinical e laboratorial para as comunidades mais carentes.

Criar mecanismos para eliminar a subutilização das UBS, dentre as quais o reordenamento da oferta e das escalas e plantões.  Estabelecer metas e tempo de atendimento – implantação da Lei da Fila na saúde municipal, a fim de acabar com as esperas longas que afetam o paciente e a família.  

Implantar a Clínica Veterinária Pública com agenda de atendimento online e manutenção do combate a doenças”.

 

 

 

 

(Fotos: férias.tur.br/divulgação; TSE; c/ montagem Mococa24Horas)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG