obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 06/12 |
NOTÍCIAS
 
Vacinação contra pólio é prorrogada até dia 30
Cidade - 30/11/2020

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo está anunciando que decidiu prorrogar as campanhas de vacinação contra Poliomielite e Multivacinação até o dia 30 de novembro em todos os municípios. “O término, inicialmente previsto para a última sexta-feira, dia 13, foi estendido com a finalidade de aumentar a cobertura vacinal e a atualização das cadernetas de crianças e adolescentes”, informa a secretaria estadual.

Para garantir a prevenção contra a poliomielite (paralisia infantil), pais ou responsáveis por crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos devem levar os pequenos para receber a “gotinha” (vacina oral, VOP). “Ainda é necessário proteger 1 milhão de crianças para alcançar 95% do público-alvo definido na campanha, que totaliza 2,1 milhão de pequenos. Até a última quinta-feira, dia 12, apenas 1,1 milhão delas de vacinadas, atingindo uma cobertura de 52,4%”, salienta a pasta de Saúde.

Na campanha de multivacinação, o foco é atualizar mais cadernetas, aplicando doses de vacinas importantes e que podem estar pendentes, garantindo assim a devida proteção contra os vírus que circulam no território e podem provocar cerca de 20 doenças.

“Desde o início da campanha, em 5 de outubro, mais de 724,7 mil crianças e adolescentes de 5 a 14 anos comparecerem aos postos para atualização da carteira. Destes, 344,9 mil (47,6%) foram imunizadas. Já na faixa de crianças com menos de um ano, das 377,6 mil que estiveram nesses serviços, mais de 265,6 mil foram vacinadas, o que representa 70,3% do total”, informa a secretaria.

“Com base na quantidade de vacinas aplicadas desde o dia 5 de outubro, avaliamos e optamos pela prorrogação das duas campanhas. Lembramos que a nossa meta proteger as crianças de zero a 14 anos contra a pólio e doenças sérias como meningite, hepatites, sarampo, febre amarela e outras. Vamos perseverar para que as coberturas seja maiores, atingindo o que é recomendado pelas autoridades de saúde. Por isso, peço novamente que pais e responsáveis levem as crianças e adolescentes a um posto de vacinação até o final deste mês”, disse o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

14 tipos de vacinas

No total, serão oferecidas 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças: BCG (tuberculose); rotavírus (diarreia); poliomelite oral e intramuscular (paralisia infantil); pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib); pneumocócica; meningocócica; DTP; tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais); além das vacinas contra febre amarela, varicela e hepatite A. Além disso, neste ano, também passou a integrar o SUS uma nova vacina, já inserida na campanha: Meningo ACWY, que protege contra meningite e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.

Onde vacinar em Mococa

Os pais ou responsáveis devem levar as crianças a um dos postos de saúde de Mococa (localizados na Cohab II, “Nenê” Pereira Lima, Vila Santa Rosa, Vila Lambari, Vila Santa Clara, PPA, Mocoquinha, Santa Clara, Francisco Garófalo, Centro de Saúde “Dr. José Paione” e nos distritos de Igaraí e São Benedito das Areias) com a carteira de vacinação em mãos para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço.



(Foto ilustrativa: Marcelo Camargo/Agência Brasil/divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

Com informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG