obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 22/09 |
NOTÍCIAS
 
Pessoas ansiosas têm mais chances de sofrer derrame
Geral - 15/02/2014

O trabalho, a família, os estudos e todas as outras atividades cotidianas, com o tempo e em maior quantidade, acabam acelerando o ritmo de vida de muitas pessoas. Elas acabam se tornando ansiosas e, consequentemente, prejudicam a saúde e diminuem o rendimento na execução de suas tarefas diárias.

O ConsultaClick, portal de agendamento de consultas, explica que inúmeras situações do cotidiano favorecem o aumento de sensações desagradáveis causadas pela ansiedade, como: aumento da frequência cardíaca, medo intenso, aperto no tórax e transpiração excessiva. É comum que crises de ansiedade antecipem momentos de perigo real ou imaginário.
Uma pesquisa realizada pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, revelou que a ansiedade crônica está associada a maior incidência de Acidente Vascular Encefálico (AVE). O estudo contou com a participação de 6.019 voluntários.

O que conclui o estudo - A conclusão foi de que: o tratamento da ansiedade crônica, quadro é muito comum na população, pode contribuir para que medidas preventivas para doenças vasculares sejam mais efetivas. Para Maya Lambiase, principal autora do estudo e pesquisadora da universidade, ansiedade muito grande ou crônica pode alterar o sistema vascular da pessoa depois de alguns anos.

Ansiedade é um sentimento comum - O estudo analisou casos de ansiedade crônica, que pode afetar a saúde de inúmeras pessoas. É importante destacar que em algumas situações a ansiedade é completamente normal e não deve ser encarada como algo prejudicial.

Existem sintomas que antecedem o derrame? - O Acidente Vascular Encefálico, ou derrame como é popularmente conhecido, pode ser anunciado por alguns sintomas, que muitas vezes podem ser bem específicos e característicos e outras não. Por isso é importante procurar por auxílio médico toda vez que tiver algum sintoma não usual ou que se repete sem uma explicação aparente. Os sintomas típicos do derrame agudo são: diminuição ou perda súbita da força na face, braço ou perna de um lado do corpo; alteração súbita da sensibilidade com sensação de formigamento na face, braço ou perna de um lado do corpo; perda súbita de visão num olho ou nos dois olhos; dificuldade para articular, expressar ou para compreender a linguagem; dor de cabeça súbita e intensa sem causa aparente.

É possível evitar um derrame? - Um dos pontos mais importantes está relacionado ao estilo de vida e o controle da pressão arterial, normalização dos níveis de colesterol e controle de outras doenças que possam levar a uma chance maior de derrame, como é o caso de uma arritmia não tratada.

 

(18/1/2014)

(Foto: reprodução)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG