obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 18/11 |
NOTÍCIAS
 
Como utilizar 13º para pagar dívidas
Geral - 13/12/2014

O consultor financeiro e autor do livro “Como Negociar Dívidas”, Emanuel Gonçalves da Silva, ensina como utilizar o 13º salário para pagar dívidas e orienta a priorizar aquelas que envolvem a subsistência (luz, água, telefone, IPTU, condomínio), confira:

“Fico observando reportagens que são publicadas pela grande mídia constantemente nesta época do ano induzindo o consumidor para utilizar o dinheiro extra do décimo terceiro salário para pagar dívidas.

Temos no Brasil um índice de inadimplência elevadíssimo e não posso discordar que este dinheiro extra pode e deve ser utilizado para reduzir esta inadimplência.

Discordo frontalmente é que praticamente todas as reportagens, com o respaldo e opiniões de renomados comentaristas, afirmam que as dívidas com cartões de crédito e cheques especiais devem ser priorizados os pagamentos em função dos juros mais elevados aplicados nestas operações.

Se você tem dívidas recente e utilizou todo seu limite do cartão de crédito e do cheque especial,  obviamente, eu também faço esta recomendação,  até porque este pagamento pode zerar estas dívidas e então você vai se livrar em continuar pagando juros elevadíssimos.

Priorize as dívidas de subsistência - Mas, observe que eu mencionei, dívidas recentes, onde você pode utilizar o décimo terceiro mês e assim se reorganizar para utilizar o cartão de crédito e o cheque especial de forma consciente e jamais voltar a utilizá-los desordenadamente.

Acontece que a grande maioria dos consumidores  tem dívidas que não são recentes e não estão inadimplentes apenas no cartão de crédito e no cheque especial.

A maioria dos consumidores estão endividados também com financeiras, com cheques sem fundos devolvidos, com o financiamento de veículos, e principalmente dívidas que envolvem suas subsistências e ou de suas famílias como condomínio, água, luz, telefone, escola e ou faculdade, IPTU, aluguel, etc. etc.

Portanto, na minha opinião estas dívidas que envolvem a subsistência do consumidor é que devem e merecem total prioridade de pagamento na utilização desse rico dinheirinho extra que é o décimo terceiro salário.

Primeiro você precisa reorganizar sua vida pessoal e de sua família, priorize e pague seu condomínio, sua luz, seu telefone, seu IPTU, enfim, restabeleça sua subsistência e depois renegocie e pague as demais dívidas.

Se os juros do cartão de crédito e do cheque especial são mais altos, resista e saiba que eles vão reduzir, quanto mais tempo passar mais eles reduzem, é assim que funciona”.

 

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens/Divulgação)

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG